Notícias

Primeira residência biomédica em diagnóstico por imagem do interior de São Paulo

16/05/2017

O Centro Avançado de Diagnóstico por Imagem – Documenta abriu, em 2016, a primeira residência biomédica em diagnóstico por imagem do interior do estado do estado de São Paulo.

A residência biomédica tem à disposição toda a infraestrutura do Centro-RDI, tanto para o ensino teórico como para o ensino prático e passa a ser a grande dica para os profissionais que desejam se atualizar ou ampliar sua área de atuação para ocuparem seu espaço num mercado onde a produção científica e evolução tecnológica se renovam constantemente.

A Documenta possui sete unidades, as escolhidas para a residência biomédica, que ficam anexas a importantes hospitais da cidade de Ribeirão Preto e seus equipamentos, assim como os de seus parceiros, são de alta qualificação técnica e envolvem praticamente todos os métodos de imagem disponíveis atualmente para os diagnósticos médicos.
“Os residentes aprendem a utilizar softwares de diferentes marcas de Tomógrafo e Ressonância Magnética, todos instalados em unidades anexas a hospitais, permitindo que o residente biomédico também possa atuar no ambiente hospitalar e nas práticas de emergência utilizando as diversas tecnologias disponíveis. Essa diversidade é essencial para preparar um profissional completo e apto para ocupar uma vaga nos centros de diagnóstico por imagem”, relata o Dr. Lucas Giansante Abud, CRM-SP 117 442, médico responsável pela residência biomédica.

Dr. Pedro Raffa, coordenador da residência biomédica completa, “Com os intensos avanços tecnológicos, surge à necessidade de formar profissionais capacitados e qualificados, melhor preparados para atuar de forma competitiva com as diferentes tecnologias e plataformas existentes no mercado de trabalho. É importante ressaltar que o programa sempre busca o aprimoramento, visando contemplar as necessidades dos alunos para uma formação diferenciada”.

A primeira residência biomédica em diagnóstico por imagem com ênfase em Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética, conta com uma carga horária de 2.160 horas, sendo 20% de atividades teóricas e 80% práticas, distribuídas em 36 horas com uma folga semanal.

A vivência prática é ao lado de biomédicos qualificados e equipe médica altamente especializada, muitos com titulações acadêmicas e/ou experiência internacional e o aprendizado teórico se dá em salas de aula e central de laudos bem estruturados, construídos especialmente para essa finalidade. O residente participa de reuniões com discussão de casos, aulas teóricas e seminários, itens importantes e fundamentais para o seu aperfeiçoamento.

“Convivemos diariamente com a rotina de um centro de diagnóstico com práticas hospitalares e sob a orientação de biomédicos que se preocupam com nosso aprendizado. Nós também acompanhamos exames realizados com anestesia, um procedimento complexo, que acrescenta muito em nossa formação e nos diferencia profissionalmente. Antes de terminar a residência já me sinto confiante e preparada para assumir uma vaga na área de imagem. Sairei da residência habilitada e especializada em imagenologia. ” comenta a Dra. Marieli Fumagali Megda Blascke.

A Documenta é certificada e acreditada plena pela Organização Nacional de Acreditação – ONA, sendo a primeira do estado de São Paulo e a nona do país a receber a citada certificação. Isso dá aos residentes mais uma oportunidade, a de acompanhar e participar de um importante programa de avalição e certificação de qualidade dos serviços prestados, que visa garantir a segurança do paciente tanto no seu atendimento e como nos procedimentos.

“Vivenciar todas as etapas necessárias para a realização de um exame de qualidade é fundamental para o desenvolvimento e crescimento profissional. A residência permite nosso envolvimento com a parte assistencial, desde a preparação, posicionamento e atendimento humanizado dos pacientes. Sairemos daqui formados não só para realizar os exames, mas também com conhecimentos suficientes para gerenciar todos os processos dentro de um setor de radiodiagnóstico”, afirma a Dra. Renata Fernandes Teixeira.

Para quem está procurando novas oportunidade de trabalho, ter uma residência de qualidade no interior do estado é uma importante oportunidade nos dias de hoje. “Sou do interior e enxerguei muitas vantagens nessa novidade. Além de fazer residência num centro de diagnóstico por imagem conceituado, ainda terei a possibilidade de alcançar meus objetivos em uma cidade com custo de vida menor”, comenta a Dra. Nathalie Correia Alcântara, da primeira turma de residentes.

O programa de Residência Biomédica da Documenta está credenciado pelo CRBM e ABBM, entidade habilitada para conferir o título de especialista em biomedicina na área de Diagnóstico por Imagem, em caráter vitalício, nos termos e condições estipulados na Resolução do CFBM nº 169 e nº 174 ambas de 2009.
A residência biomédica da Documenta disponibiliza 6 (seis) vagas com ênfase em Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética. O processo seletivo é realizado em 2 fases, a primeira fase consiste em exame escrito e a segunda fase por meio de entrevista individual e análise curricular.


Novas datas para inscrição neste site: www.centrordi.com.br



Voltar

Galeria